Economia de Comunhão | Um convite para todos

Economia de comunhão
Conteúdo Colab | Firgun & Anpecom 

Economia de Comunhão: um convite para todos

Já imaginou poder fazer parte de uma rede de empresas que colocam a integridade das pessoas no centro de suas estratégia econômicas e ainda constroem  uma cultura organizacional fundamentada em valores??

Então, deixamos aqui o convite muito especial para você continuar essa leitura e conhecer um pouco mais sobre a Economia de Comunhão (EdC).

Nascida em 1991, aqui mesmo no Brasil, a EdC, é uma prática econômica que almeja contribuir com a redução dos níveis de pobreza na sociedade a partir da comunhão. Busca fortalecer uma cultura de reciprocidade dentro das empresas. Não se trata apenas de filantropia, de ajuda a instituições e nem mesmo apenas em ter um negócio de impacto social positivo. Ficou [email protected]?

É que a EdC tem em suas raízes um modelo cultural que pratica a reciprocidade e o compartilhamento de recursos (ou comunhão de recursos) partilha dos bens. E sua inovação está em trazer para dentro da prática econômica esses conceitos.

Como?

Deixa a gente explicar melhor.

A EdC integra uma rede internacional de comunhão de talentos, competências, necessidades  e recursos. Por isso, as empresas e pessoas da rede que assim desejam, compartilham livremente  seus recursos, investindo-os em projetos e ações focados na redução da vulnerabilidade econômica e social. O fundamento de todas as ações e projetos é construir condições para as mudanças culturais que queremos. E o mais importante: se não há a possibilidade de compartilhar recursos, sempre há a possibilidade de compartilhar algo: conhecimentos, vida e talentos!

Um dos diferenciais das práticas da EdC é também adotar uma cultura organizacional fundamentada em valores dentro da própria empresa, criando novas possibilidades de governança e propiciando relações mais humanas no contexto corporativo. Afinal, não basta fazer o bem “para fora”, é preciso começar “de dentro”.

A EdC é para todo mundo?

Sim! A Economia de Comunhão é uma rede aberta, basta que empresário e empresa se identifiquem com essa nova prática econômica, recíproca com a sociedade e fraterna com as pessoas.

A fim de impactar cada vez mais gente, a EdC conta com a ANPECOM, Associação Nacional por uma Economia de Comunhão, que reúne e articula pessoas, instituições públicas e privadas e empresas com o objetivo de alcançar as metas de redução de pobreza e de comunhão.

A ANPECOM tem três pilares importantes para sustentar a EdC no Brasil: o incentivo ao empreendedorismo de impacto social, o Programa de Superação da Vulnerabilidade Econômica que aloca os recursos da comunhão das empresas para quem mais precisa, e as iniciativas de disseminação da cultura da EdC no meio corporativo e social, com diversos projetos e eventos.

Um dos eventos anuais que compõem esse terceiro pilar é a Conferência Nacional da EdC, que este ano será realizada entre os dias 19, 20 e 21 de setembro.

Participe da Conferência Nacional da EdC

Ficou com vontade de saber mais e conhecer essa rede inovadora? Participe da Conferência Nacional da EdC.

A programação está dividida em três momentos importantes e você pode escolher participar se deseja participar de todos os dias ou de apenas alguns.

No primeiro dia, os convidados poderão imergir nas raízes da Economia de Comunhão. As temáticas serão focadas nos contextos culturais e sociais do nascimento da EdC, bem como nas explicações de conceitos que estão no cerne dessa prática: a comunhão e a cultura de comunhão. E como não basta olhar para o passado, vamos também discutir a EdC no século XXI, nossos potenciais e nossa identidade contemporânea.

No segundo dia, acontece o reconhecido Fórum de Empreendedorismo da EdC. A largada será com um tema sobre “Mercado, ética e governança” como desafios para uma gestão inovadora. Em seguida, os participantes poderão participar de um dos três workshops ofertados: empréstimos e financiamentos bancários no Brasil, negócios de impacto social e startups, e gestão disruptivas e governança da Economia de Comunhão. Para fechar o dia, a apresentação de diversos cases de empreendedorismo com propósito. Gente e histórias incríveis de conhecer, sabe?

 No último dia de conferência, será a vez da ANPECOM protagonizar a programação, com sua assembleia anual que reúne prestação de contas e apresentação dos projetos em andamento: PROFOR, SUPERA e Programa Geração de Futuro.

Interessou?

Então venha conhecer mais e fazer parte dessa rede!

Faça sua inscrição para a Conferência aqui. E saiba mais sobre a EdC aqui.

Participação Firgun

A Firgun participará do fórum com Fábio Takara, sócio fundador da startup. A palestra será no segundo dia, que trata da temática “MERCADO, ÉTICA E GOVERNANÇA: OS DESAFIOS DA GESTÃO INOVADORA”. A participação se dará às 15h45 do dia 20/09.

Clique aqui para ver a programação completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *