Investidores Firgun apoiam pequena empreendedora em Boracéia

Meire Delicato dedica seus dias para motivar outras pessoas a melhorarem suas vidas através de atividade física. A rotina começou há 10 anos quando, junto com o marido, fundaram a Shark Academia com apenas algumas máquinas de musculação, no quintal de casa. De lá para cá, o negócio familiar cresceu. O que começou com apenas um par de máquinas de musculação e um supino, hoje é uma das principais academias da cidade, responsável pela formação de alguns surfistas e velocistas profissionais da região.

Meire nunca imaginou receber investimento de pessoas que ela não conhecia. Mas isso está acontecendo com a rede Firgun. Pessoas que acreditam no seu trabalho, estão investindo em seu empreendimento. A empreendedora deseja quitar dívidas que fez com o banco e, finalmente, alavancar seu negócio.

Acesse o link e invista na empreendedora

No meio do caminho tinha uma pedra

Apesar do número de empreendedores brasileiros triplicar nos últimos dez anos, alcançando o total de quase 50 milhões[1], muitos microempresários ainda têm dificuldade em conseguir financiamento. Os empréstimos bancários tradicionais tendem a ser burocráticos, além de terem taxas de juros que, em muitas vezes, traz benefícios questionáveis para o pequeno empreendedor.

Meire enfrentou problemas parecidos. Para o crescimento e a manutenção da Shark Academia, ela e o marido tiveram acesso ao crédito através de empréstimos bancários. O investimento deu certo por um tempo: atualmente, a academia está localizada na Rodovia Santos, contando com um amplo e espaço e um total de 300 alunos. No entanto, nesse processo, o casal contraiu dívidas para comprar maquinário, o que tem dificultado o crescimento do empreendimento.

Parceria com a Firgun

Os obstáculos não foram suficientes para fazerem Meire desistir de seus sonhos. Após a dificuldade em ver o negócio prosperar, ela buscou alternativas para alcançar seus objetivos, até que foi indicada para realizar uma campanha de microcrédito coletivo por meio da Firgun.

Primeiro, a empreendedora passou por uma análise de perfil, na qual foram verificados os conhecimentos básicos de finanças, os hábitos de consumo e outras informações. Também foram analisadas as finanças do empreendimento para entender o valor aprovado para a captação e as parcelas do financiamento mais adequadas para não pesar no bolso da empresária. Ao final desse processo, elas tiveram a campanha divulgada no site da Firgun.

Acesse o link e invista na empreendedora

Meire acredita que o seu ponto forte como empreendedora é acreditar no que faz: “A atividade física regular e com orientação muda a vida de uma pessoa”. Assim, além de facilitar o acesso a microcrédito para uma mulher empreendedora, investir na Shark Academia irá proporcionar serviços de saúde para a população de baixa renda da região de Boracéia.

[1] Fonte: https://revistapegn.globo.com/Empreendedorismo/noticia/2018/10/numero-de-empreendedores-no-brasil-mais-que-triplica-em-10-anos.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *