De Tesouro Direto a Bitcoin: conheça os melhores investimentos para 2018

melhores investimentos

Antes de mais nada parabéns por estar aqui, buscando os melhores investimentos para seu dinheiro nesse ano! A maioria dos brasileiros não faz investimentos, então se você está interessado(a) no assunto já é um grande feito. Como dissemos anteriormente nesse blog, investir não é algo apenas para ricos ou pessoas que tenham muito conhecimento sobre mercado. Qualquer um pode ser um investidor, desde que tenha algum dinheiro sobrando. Com pelo menos R$30 já podemos começar a investir.

Para saber os melhores investimentos de 2018 é necessário ter em mente as peculiaridades desse ano que podem influenciar o mundo financeiro: vem eleições por aí; está em discussão a reforma da previdência e os juros e a inflação devem fechar o ano em baixa. Como muitos investimentos rendem de acordo com os juros e a inflação, isso pode fazer com que muita gente se interesse por investimentos mais arriscados. O melhor a se fazer é diversificar, seja qual for seu perfil de investidor.

Saiba mais: 5 coisas que você precisa saber sobre juros.

A Firgun pesquisou diferentes cenários para ajudar você a decidir onde colocar seu dinheiro. Então vamos saber os melhores investimentos de 2018:

Renda fixa, o porto seguro

Apesar não ter rendimentos tão atrativos nesse ano, esse tipo de investimento é o mais indicado para quem quer mais segurança ao invés de preocupações. Devido as eleições que estão por vir o cenário deve ser turbulento. Para se proteger, investir em Tesouro Direto e CDBs, por exemplo, é o melhor a se fazer.

Uma boa opção é o título do Tesouro Direto IPCA+. Sua principal característica é render a variação da inflação mais uma taxa pré estabelecida. Ele vai te proteger da inflação e render um pouco mais, é mais sossegado. É importante destacar que o rendimento prometido só se faz real quando se faz o resgate do investimento na data de seu vencimento. Caso não faça isso o investidor terá que vender o título no mercado e pode ter lucro ou prejuízo.

Outra opção na área de renda fixa é o CDB (Certificados de Depósitos Bancários). Para bancos médios o retorno costuma ser mais interessante e o investidor tem a segurança do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), que paga até R$250 mil por CPF caso o banco quebre e não possa te pagar no futuro.

Melhores investimentos para conservadores

Tesouro Direto Selic: se deseja liquidez em 2018 para compra de um bem, por exemplo

Tesouro Direto IPCA: se pretende ficar até o vencimento com o título

LCI ou LCA: paga um percentual do CDI, taxa sempre muito próxima à Selic. Não paga IR, nem taxas administrativas

CDB: em geral paga um percentual do CDI, taxa sempre muito próxima à Selic. Não tem taxa administrativa

Quer saber mais sobre como investir em renda fixa? Acesse nossos e-books sobre o tema aqui e aqui.

Fundos de investimentos para variar

Se você aceita um pouco mais de risco, mas não quer ficar acompanhando o dia a dia do mercado de ações, investir em fundos pode ser uma boa para diversificar sua carteira. Em um ano de incertezas como 2018 é melhor deixar seu dinheiro com um gestor profissional que vai saber utilizar o sobe e desce do mercado da melhor forma possível.

Se você decidir colocar seu dinheiro num fundo de ações ou um fundo multimercado, não se esqueça de pesquisar muito bem antes. Fique atento às taxas de administração desse fundo e veja o histórico de gestão do mesmo, para saber se ele tem uma boa gestão.

Uma boa pedida nesse campo são os fundos imobiliários. Com a taxa de juros baixa as despesas ficam menores para quem utilizar o capital desse tipo de fundo e o número de construções imobiliárias pode aumentar. O seu rendimento virá de acordo com o sucesso desse mercado nesse ano.

Fundo multimercados

Essa é outra boa opção de investimento para 2018. Os fundos multimercado não são tão seguros, mas também não são tão arriscados, estão no meio termo. O gestor desse tipo de fundo investe seu dinheiro em renda fixa e variável (ações) ao mesmo tempo. Isso dá para ele a liberdade de modificar a carteira de investimentos de acordo com os movimentos do mercado para evitar que o sobe e desce dos gráficos prejudique o seu investimento. Um bom veículo para movimentar seu dinheiro no ano de 2018.

Não se esqueça de verificar as taxas de administração e o histórico do gestor. Outra característica interessante, que pode fazer com que esse tipo de fundo seja um dos melhores investimentos do momento, é o fato de ele ter flexibilidade e promover a diversificação. Até investimentos no exterior os fundos multimercados estão autorizados a fazer.

Bitcoin: investimento digital, risco real

Você já ouviu falar de Bitcoins? É a mais conhecida das moedas digitais, um assunto para você ficar de olho em 2018. Antes de mais nada busque conhecimento sobre o assunto, estudo bastante e entenda a tecnologia antes de tratá-la como um investimento e você pode ver seu dinheiro se multiplicar. Quando você dominar o assunto, saberá a melhor hora para aplicar seu dinheiro. Mas tenha em mente que o preço das moedas digitais varia muito no curto prazo, seu dinheiro pode valorizar muito ou desvalorizar muito. Por isso é importante estudar.

Fique atento pois como isso é algo muito recente, tem bastante gente querendo se aproveitar, usando o Bitcoin como isca para golpes. A regra número um é: compre Bitcoins diretamente nas corretoras de moedas digitais e não com terceiros. Foxbit e Mercado Bitcoin são as mais conhecidas.

Quanto colocar em cada investimento?

Isso depende do seu perfil de investidor. Você se considera uma pessoa mais conservadora? Se sim, uma boa sugestão pode ser colocar mais dinheiro na renda fixa e dividir a carteira assim: 70% em renda fixa, 25% nos fundos citados e 5% em bitcoins. Assim diversificamos nossos investimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *