Pirâmide Financeira: dinheiro fácil ou golpe financeiro?

A pirâmide financeira não foi construída por nenhum faraó no Egito antigo. Pelo contrário ela esta muito presente nos dias de hoje e acaba levando pessoas desavisadas a perderem economias de uma vida inteira enquanto poucos enriquecem de verdade. Ela pode estar disfarçada de negócios aparentemente honestos e lucrativos. Por isso é importante que você entenda mais sobre esse golpe e como reconhecê-lo para que evite cair em armadilhas.


Já leu?

Título de capitalização: evite cair nessa armadilha financeira

Armadilhas financeiras: conheça 6 dicas para evitá-las


O que é uma Pirâmide Financeira?

A promessa de ganhar muito dinheiro de maneira rápida e fácil é apresentada, geralmente, a pequenos investidores que acabam caindo nesses esquemas fraudulentos chamados de pirâmides financeiras ou esquema Ponzi. O modelo consiste no recrutamento progressivo e constante de outras pessoas, com base no formato de uma pirâmide. A estrutura é organizada em níveis onde o pagamento dos membros é feito através de aplicações de novos membros. Basicamente, as pirâmides vivem de contribuições financeiras de novos entrantes e funcionam com um sistema de repasse.

O problema é que esse modelo empresarial nunca será sustentável. Isso porque a maioria das vendas não é feita para pessoas de fora do esquema, mas para pessoas dentro dele. Não existe produção ou criação de receita, apenas repasse. Sobretudo, o esquema é totalmente pensado para o lucro somente do topo. Ou seja, a entrada de mais pessoas na base, na verdade, remunera apenas a parcela que está em cima da pirâmide, sendo essa a receita da riqueza dos impostores.

Dica: sempre que a rentabilidade for muito grande e o retorno muito fácil, desconfie.

Quem mais sofre com isso?

As principais vítimas de esquemas que envolvem pirâmide financeira, são pessoas de pouca renda ou que estão passando por alguma crise financeira. Então, acabam apostando na ideia para sair da situação de pobreza.

No Brasil, esquemas de pirâmide financeira é uma ação ilegal. de acordo com a lei a lei no 1.521 de 1951, que garante que “obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos (“bola de neve”, “cadeias”, “pichardismo” e quaisquer outros equivalentes)”, é considerado um crime contra a economia popular, com possível punição de 6 meses a 2 anos de detenção”. Portanto, é CRIME!

Exemplos de pirâmide financeira no Brasil

Alcateia Investimentos – Prometia ganhos de até 2% ao dia. A empresa deixou cumprir algumas cláusulas do seu contrato, deixando 50 mil pessoas no prejuízo.

AI e Albuquerque Consultoria – Um agente autônomo de investimentos ligado ao escritório “Bank Rio/Invest Smart” e à “XP Investimentos”, cometeu suicídio após dar um golpe de R$ 20 milhões em investidores.

JJ Invest – A JJ Invest ficou famosa ao prometer ganhos de 10% ao mês. Inclusive, ela chegou a patrocinar o time de futebol Vasco da Gama. Antes da descoberta da fraude, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) já havia alertado investidores em agosto de 2017, pois a empresa atuava sem registro junto ao órgão.

InDeal Investimentos – Outro caso mais recente é o da “ InDeal Investimentos”, desta vez envolvendo criptomoedas. A pirâmide teria movimentado R$700 milhões de reais, prometendo ganhos de 15% ao mês.

Pirâmide Financeira x Marketing Multinível

Muita gente acaba confundindo Pirâmide Financeira com empresas de Marketing Multinível. A diferença é que o marketing multinível, ou marketing de rede, é uma ferramenta legal, usada principalmente por grandes empresas de venda porta a porta. A comparação acontece por conta de empresas mal-intencionadas que usam uma estrutura semelhante, até mesmo com a venda de algum produto como “disfarce”.

Empresas como Hinode e a Herbalife, empresa multinacional de nutrição e controle de peso, são exemplos de empresas (MMN), ou seja, de estrutura Marketing Multinível, fortemente reconhecidas. O foco da pirâmide é o recrutamento de novos participantes. O marketing multinível visa vender produtos. Não Confunda! O problema ocorre quando a rede é a própria sustentação do negócio, o que configura pirâmide.

Criptomoeda e Pirâmide Financeira

A prática de pirâmide financeira cresce pelo Brasil. Os supostos esquemas, agora, envolvem não só o dinheiro vivo mas também, há manipulação através de moedas virtuais, ou criptomoedas, como o bitcoin (dinheiro eletrônico para transações ponto-a-ponto).

O novo instrumento vem da forte alta da criptomoeda no fim de 2017 e início de 2018. A criptomoeda digital passou de US$ 900 em janeiro de 2017 para US$ 19 mil em dezembro, o que despertou uma febre mundial, ou melhor, uma bolha. Em 2019, porém, ela caiu para US$ 3,6 mil, recuperando-se depois para US$ 10 mil.

Empresas prometem ganhos de até 50% ao mês sobre o capital aportado pelos investidores. Essas estão sob a mira do Ministério Público Federal, da Polícia Federal e da Procuradoria da Fazenda Nacional. Nos últimos meses, as autoridades fecham o cerco sobre esses grupos que, segundo a polícia, apresentam-se disfarçados de empresas de investimentos. Supervisionado por essas autoridades, um grupo anônimo de hackers formado por integrantes do mercado de criptomoedas identificou mais de 50 empresas do gênero em atividade pelo Brasil no momento, segundo o jornal Estadão.

Como podemos evitar esses esquemas?

Após receber propostas tentadoras, que pareçam ser um bom negócio, o ideal é, sobretudo, pesquisar sobre a empresa. Procure em meios como a internet, redes sociais e jornais que falem sobre essa empresa, ou converse com pessoas que tiveram experiências ruins com a mesma. Procurar saber se a empresa possui Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), é essencial. Se possível, ler o Contrato Social da Empresa registrado na Junta Comercial também é uma boa opção para garantir que houve, realmente, o nascimento formal do estabelecimento.

Estudar sobre o mundo financeiro é a melhor maneira de prevenção para tomada de decisões futuras. É fundamental conhecer o negócio antes de aderir a ele. Seguindo esses requisitos, é possível entrar em um negócio de maneira legal e segura, sem cair em golpes de pirâmide financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *