Crédito produtivo para resolver problemas habitacionais

problemas habitaiconais

Negócios de impacto social podem ser a solução para os problemas relacionados à habitação no Brasil e no mundo. A Firgun é uma fintech de impacto social que também está nesse barco. Acompanhe o texto abaixo para entender melhor.

O direito à moradia é um direito fundamental do ser humano desde 1948, quando foi escrita a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ter um lar para morar é a base para se ter uma vida digna.

Por meio do Programa Housingpact, desenvolvido pelo Impact hub São Paulo, negócios de impacto social, ligados ao setor de habitação para população de baixa renda, se uniram em rede. O objetivo é desenvolver a potência dessas soluções, junto a empresas do setor da construção civil. O grupo está unido para resolver problemas relacionados à falta de moradia, saneamento básico e descarte de resíduos.

Os problemas que estamos lidando

Cerca de 33 milhões de brasileiros não têm onde morar, segundo relatório do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos. A falta de moradia aumenta o número de invasões/ocupações e de população favelada — o índice chegou a 11,4 milhões, segundo o Censo 2010 do IBGE.

O país tem 57 milhões de residências sem acesso à rede de esgoto, 24 milhões sem água encanada e 15 milhões sem coleta de lixo, de acordo com os dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2018, do IBGE.

Além disso, em 2018, o Brasil produziu em média 79 milhões de toneladas de lixo por ano, das quais 72,7 milhões foram coletadas. No entanto mais de 40% desses resíduos não receberam uma destinação adequada. A coleta seletiva está longe de ser universalizada e somos o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo. Os índices de reciclagem são bastante incipientes e pouco evoluem.

Para o empreendedor social onde há problema, há oportunidade. É por isso que as conexões entre diferentes negócios de impacto social se fazem tão importante. Uma organização complementa a outra e problemas complexos passam a ter soluções cada vez mais claras.

O que é a Firgun?

A Firgun é uma plataforma de empréstimos coletivos (P2P lending), voltada exclusivamente para o financiamento de microcrédito para empreendedores de baixa renda. Por meio de um processo próprio de análise de risco, os empreendedores são selecionados e do outro lado pessoas físicas podem investir valores a partir de R$25 e ter o dinheiro de volta com rentabilidade acima de 200% do CDI. Assim a Firgun multiplica oportunidades para quem mais precisa com sustentabilidade financeira e ainda promove o acesso a investimentos conscientes.

A Firgun foi selecionada para entrar no Housingpact com um objetivo claro: facilitar o acesso a crédito para pessoas e iniciativas que solucionem problemas de habitação e promovam, ao mesmo tempo, o incremento de renda e geração de empregos de populações menos favorecidas.

A partir da melhoria da saúde financeira do indivíduo ele terá melhores condições para investir em melhorias na sua residência.

Como a Firgun ajuda a resolver problemas habitacionais?

Um exemplo que já está em prática é a parceria entre Repagina.me e Firgun. A primeira desenvolve projetos arquitetônicos e executa a reforma de espaços comerciais a preços acessíveis. A segunda analisa o perfil do empreendedor, a saúde financeira do seu negócio e realiza a captação do investimento necessário para a reforma acontecer. Locais com mais salubridade e aprazíveis aos olhos dos clientes são criados.

Para além do financiamento de empreendedores pessoas físicas, a Firgun está desenvolvendo processos para atender clientes das chamadas microfranquias. São franquias de negócios que não exigem um investimento inicial maior que R$25 mil, podendo partir de apenas R$5 mil. Nessa área está em curso a parceria com a Coletando. O objetivo é tornar viável uma microfranquia de ecopontos.

Primeiro o empreendedor levanta o recurso necessário para o investimento pela plataforma da Firgun. Depois é capacitado na cadeia produtiva do descarte de resíduos recicláveis e se torna um franquiado Coletando, com um ecoponto sob sua responsabilidade. Os moradores do bairro levam seus resíduos recicláveis até o local e os trocam por dinheiro, depositado em um cartão pré-pago disponibilizado na hora. Assim ocorre o descarte correto de resíduos, a geração de renda e a inclusão bancária. Depois o franquiado revende os materiais para cooperativas, contribuindo assim para a sustentabilidade do ciclo de vida do material, gerando renda e emprego ao mesmo tempo.

Para a Firgun a principal chave para destravar a transformação no mundo e diminuir a desigualdade social é o incentivo ao empreendedorismo. O incentivo por meio da adaptação de produtos financeiros para as populações que historicamente têm menos oportunidades. O crédito justo é a primeira ferramenta a ser adaptada pela startup. A primeira de muitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *