Renda extra: conheça 10 dicas para fazer uma graninha a mais

renda extra

Você tem uma fonte de renda extra ou alternativa? Para quem tem um emprego é um caminho para aumentar as entradas de dinheiro e com isso o orçamento familiar e para quem está desempregado é uma necessidade.  É uma saída para juntar uma grana a mais para pagar dívidas, encontrar o seu equilíbrio financeiro ou até para começar a investir.

Conheça algumas dicas para sair das dívidas.

O problema é o desemprego que vem aumentando e fechou o ano de 2017 em quase 13%, o que representa mais de 13 milhões de trabalhadores brasileiros sem emprego. Além disso as coisas já não são como antes quando um trabalhador fazia carreira numa mesma empresa durante décadas, hoje em dia tudo está mais flexível e em cenários constantes de crise manter um mesmo emprego por muito tempo é difícil. Por isso é que cada vez mais precisamos ter fontes de renda extra.

Evite ser enganado pelo banco. Conheça seus direitos.

Esse texto tem o objetivo de jogar luz sobre o assunto e trazer algumas ideias de como você pode ter renda extra na prática. Muitas delas contém links de aplicativos ou sites que te ajudam a gerar renda, no entanto eles próprios também precisam ganhar o pão. Então cadastre-se nos sites, mas fique atento às taxas praticadas por eles. Geralmente eles mordem uma porcentagem do que você fizer através da plataforma. Vamos às dicas:

1. Cuide de animais de estimação

Se você gosta de cães e gatos, além de ter uma renda extra vai se divertir no processo. Alguns aplicativos conectam os donos dos bichinhos à pessoas que estejam dispostas a recebe-los em casa e cuidar deles por um tempo quando o dono precisa viajar ou apenas para passear diariamente, por exemplo. Candidatando-se como Anfitrião, em geral você vai ganhar de R$ 30 a R$ 80 por noite. Os exemplos mais conhecidos são o DogHero e o PetAnjo, para cuidadores qualificados.

Resultado de imagem para dog hero

2. Alugue um quarto na sua casa

Se você tem um quarto vago na sua casa ou apartamento ele pode ser uma fonte de renda extra para você! Os aplicativos que fazem esse serviço geralmente são voltados para turistas que querem ter experiências próximas aos moradores locais. Você decide quem vai alugar o quarto, por quanto tempo e o valor. O app mais conhecido é o Airbnb, mas existem outros como o HomeAway e HouseTrip.

Resultado de imagem para airbnb

3. Venda coisas que você não usa mais

Essa é uma forma antiga de renda extra e você não precisa necessariamente usar a tecnologia para fazer uma graninha à mais. Pode organizar um bazar com amigos e divulgar para os vizinhos e o pessoal do bairro ou se preferir pode usar aplicativos e sites na internet. Existem muitos: OLX, Mercado Livre, Enjoei, Tradr, Que Barato, entre outros.

Resultado de imagem para enjoei

4. Alugue suas coisas

Se você não quer vender suas coisas pode entrar nessas plataformas e encontrar outras pessoas que queiram alugá-las. Você pode disponibilizar bicicletas, câmeras, ferramentas e tudo o que quiser. Bom para quem precisa de um produto por pouco tempo e não quer gastar uma grana alta comprando. Bom para você que comprou algo que não usa tanto e poderá ter uma renda extra. O mais conhecido é o Alooga, mas tem também o Armário Coletivo, o Rent For All e o Spinlister, especializado em bikes.

Resultado de imagem para alooga

4.1 Alugue seu carro

Se você tem um carro e ele fica mais tempo na garagem do que rodando na cidade, está na hora de fazer uma graninha extra com ele! Cadastre seu carro na PegCar e ganhe até R$120 por dia.

4.2 Alugue espaço na mala

Você aluga espaço na mala durante uma viagem para trazer encomendas. Em troca, é possível pedir um valor como recompensa. O site Entrusters se chamava antes “Cabe na Mala”, ele fica com uma porcentagem e você com uma renda extra.

4.3 Alugue-se

Você pode ser um guia turístico na Rent a Local Friend. Basta criar um perfil apontando quais línguas tem proficiência e interesses, como gastronomia, cultura e compras. Em São Paulo, por exemplo, você pode faturar até R$500 com isso.

5. Faça freelas (trabalhos temporários)

Se você tem algum talento, seja consertar computadores, dar aula de inglês, matemática ou português, se sabe editar imagens e vídeos, escrever textos ou o que quer que seja, você pode ter renda extra. Existem diversos sites onde você pode se cadastrar, enviar propostas e começar a ter seus próprios clientes. Esses sites conectam quem precisa contratar com quem sabe fazer: GetNinjas, 99freelas, Workana, Freelancer e Trampos são alguns deles.

Se você sabe um pouco de programação ou gosta do assunto, pode apostar desenvolvendo um aplicativo para alguém na UpWork, que também atende outros tipos de freelancers. Outra alternativa é trabalhar procurando erros, chamados bugs, em sites e os pagamentos são muito bons. Acesse a Synack, Hacker One ou Bugcrowd.

Além disso você também pode arrumar bicos como garçom ou garçonete, trabalhando como promoter de eventos ou organizando festas próprias. Dá mais trabalho, mas o retorno é mais interessante. Pode partir para o offline e vender comes e bebes veganos e gourmetizados, pode vender artesanatos. As possibilidades são muitas e tudo depende do que você sabe fazer bem.

Resultado de imagem para getninjas

6. Ganhe cozinhando

Se você gosta de cozinhar e manda bem nas culinárias, pode receber pessoas em casa para uma refeição e ganhar uma grana com isso. Você pode fazer isso à moda antiga divulgando no seu bairro ou pode se cadastrar no EatWith ou MealSharing.

7. Ganhe dando caronas

Se você costuma viajar de carro e tem espaço para mais pessoas, dá para tirar um dinheirinho usando o BlaBlaCar. O aplicativo conecta pessoas que vão viajar para o mesmo destino com você. Elas pagam o valor estipulado e pegam carona no seu carro. Um dos destaques da plataforma é que as mulheres têm vantagem e podem compartilhar os carros apenas entre elas.

Resultado de imagem para blablacar

8. Torne-se motorista

Além de ganhar com caronas eventuais, você pode fazer isso com mais frequência. Se você tem um carro ou pode alugar um, uma oportunidade de renda extra é prestar serviços pelo Uber, 99, Cabify ou TeLevo, um concorrente brasileiro do Uber que promete aos motoristas melhor rendimento.

9. Venda fotos

Se você é um fotógrafo profissional ou amador, pode obter renda extra a partir da venda das suas fotos em sites como o Foap, Fotolia e Shutterstock, provavelmente o mais conhecido de todos.

10. Seja goleiro(a) de aluguel

Um site chamado Goleiro de Aluguel que facilita a vida de quem quer jogar uma partida ou campeonato, mas está sem goleiro. Você pode completar o time, fazer uma renda extra e concorrer a prêmios no final do mês.

Resultado de imagem para goleiro de aluguel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *