Taxa Interna de Retorno: o que é e como funciona

Taxa Interna de Retorno

A Taxa Interna de Retorno é um conceito que precisa fazer parte do dia a dia de qualquer investidor, principalmente dos que investem via plataformas peer to peer (investimentos coletivos). Nesse texto você vai saber o que ela significa e entender melhor como seu dinheiro rende com esse tipo de investimento.

Quando você aplica seu dinheiro em um projeto numa plataforma como a Firgun, você apoia um pequeno empreendedor em seu negócio. Depois do período de carência, você começa a receber mensalmente seu dinheiro de volta mais os juros, diretamente na sua conta da plataforma. Em seguida você pode reinvestir o saldo, maximizando seus rendimentos, ou sacar para o seu banco.


Já leu?

Investimento de impacto: alternativa à doação e ao trabalho voluntário

Microcrédito produtivo: impacto econômico e social


Para entender melhor a Taxa Interna de Retorno

A Taxa Interna de Retorno serve para você entender quanto seu dinheiro vai render ao longo do tempo. Quando você investe por meio da Firgun, sua rentabilidade não está relacionada ao total que você investiu, mas sim ao total que falta você receber. Isso acontece porque seu investimento não fica travado, rendendo, até o vencimento. Pelo contrário, ele volta para você mensalmente.

Quando você investe num CDB sem liquidez, ou seja, recebendo seu dinheiro mais juros apenas no vencimento do título, o banco pega seu dinheiro e empresta para outras pessoas e bancos. Quando eles pagam o empréstimo, seu banco empresta novamente o dinheiro e assim sucessivamente até chegar o vencimento.

Na Firgun é você quem faz esses reinvestimentos, escolhendo quem receberá o seu dinheiro e o que será feito com ele. Você é quem faz a gestão dos seu próprio capital. Por isso, caso não reinvista os pagamentos mensais, você não terá a maior rentabilidade possível ou, de maneira mais específica, a porcentagem indicada na TIR. O dinheiro parado como saldo não é utilizado e por isso não gerará rendimentos.

Como funciona na prática a Taxa Interna de Retorno

Digamos que o João, dono de uma padaria no Capão Redondo, está buscando crédito de R$15.000 pela plataforma. Ele pagará o empréstimo em 24x com juros de 1% ao mês. Sua Taxa Interna de Retorno é de 12% ao ano e o seu investimento no projeto é de R$5.000.

Passado o período de carência João começa a te pagar de volta em parcelas fixas de R$235,57, que incluem a amortização (dinheiro que você emprestou) mais juros. Aqui é importante lembrar que a rentabilidade é calculada em cima do saldo devedor. No primeiro mês João te deve R$5.000, então a primeira parcela que você vai receber será de R$50 (juros de 1%) + R$185,37 de amortização. Agora João está devendo R$4.814,63. É sobre esse valor que serão calculados os juros da próxima parcela e assim por diante, sempre realizando um pagamento de R$235,57 ao mês. Veja na tabela abaixo:

Conclusão

Em poucas palavras a Taxa Interna de Retorno se refere a uma rentabilidade bruta. Ela está relacionada a quanto seu dinheiro renderia internamente, quando reinvestido mensalmente em novos projetos. Caso você não reinvista o dinheiro em novos projetos, sua rentabilidade não será a maior possível.

Por outro lado aqueles que mantiverem uma estratégia de reinvestimento do saldo, poderão conseguir uma rentabilidade melhor, diversificando seus investimentos. Quando você investe com a Firgun, sabe exatamente para que será utilizado seu dinheiro e mais importante: estará apoiando um pequeno empreendedor, multiplicando oportunidades e ajudando o empreendedorismo a florescer. Tudo isso com rentabilidade enquanto ajuda a gerar novos empregos e melhorar a renda e qualidade de vida de quem mais precisa.

Sobre a Firgun

Lançada em 2017 por Fábio Takara e Lemuel Simis, a Firgun é uma plataforma online de investimentos coletivos que conecta empreendedores populares a pessoas dispostas a investir para promover impacto positivo no mundo.  De um lado, esses empreendedores captam investimentos de até R$21.000 para seus projetos. De outro, os investidores fazem aportes a partir de R$25 para tornar essas iniciativas realidade. O retorno financeiro chega a 12% ao ano sobre o capital aportado. E o impacto social gerado é mensurado e comunicado ao investidor. Saiba mais em www.firgun.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *